Viagens pela Minha Terra

Tia Zêbel e uma parte da alma de Corvo que se perde

18 Junho de 2024

A+ A-

Etiquetas em: Sociedade

VIAGENS PELA MINHA TERRA com o jornalista Benvindo Neves

Tia Zêbel  e uma parte da alma de Corvo que se perde

"Corvo vai continuar a exibir seus encantos: água cristalina a correr pela estreita ribeira, inhames, mandiocais, canas-de-açúcar e bananais viçosos; o mar a desquebrar revolto ali na foz pedregosa da ribeira a partir de onde se pesca à linha, enfim... tudo isso resiste! Mas, sem as suas referências, Corvo vai deixando de ser o que era. Porque, afinal, os lugares são, sobretudo, as suas gentes".