Biodiversidade Marinha das ilhas de Cabo Verde é tema de exposição no Centro Cultural do Mindelo

08 de abril de 2022

A+ A-

A Biodiversidade Marinha das ilhas de Cabo Verde, é tema de uma exposição no Centro Cultural do Mindelo, aberta na tarde desta quinta-feira. A exposição que mostra dezenas de fotos de lesmas, é resultado de um projeto do Governo das Canárias que estuda os impactos das mudanças climáticas em Cabo Verde.

São dezenas de lesmas, todas fotografadas pelo biólogo, Leopoldo Moro, nas ilhas de São Vicente, Sal e Santiago. A exposição é resultado do projeto Mimar do Governo das Canárias, co-financiado pela União Europeia e que estuda os impactos das mudanças climáticas nos arquipélagos da Macaronésia e preservar a biodiversidade marinha nesta região.

"Para nós é muito interessante saber como se comportam as mudanças climáticas em Cabo
Verdes, que espécies proliferam, se chegam espécies tóxicas, se outras desaparecem, porque este
modelo se vai replicar em 10 ou 20 anos, nas ilhas Canárias e posteriormente em toda a Europa. Por isso, para nós é importante trabalhar em conjunto com instituições como a UTA [Universidade Técnica do Atlântico] e com o Governo de Cabo Verde" - Leopoldo Moro.

Leopoldo Moro destaca a riqueza marinha de Cabo Verde nesta região da Macaronésia. "Cabo Verde, em geral, em todo o seu meio marinho, tem uma riqueza inigualável dentro da Macaronesia, com muitas espécies exclusivas e endémicas. Nesta exposição está uma parte do
trabalho que foi feito nos últimos 30 anos sobre esta espécie que tem uma biologia muito curiosa e um terço das espécies que se conhecem em Cabo Verde, é endémico e exclusivo de Cabo Verde".

A equipa da REDPROMAR (Rede de Observadores do Meio Marinho nas Canárias) quer viajar para todas as ilhas e sabe que muitos mais espécies vão
aparecer. "Ainda falta muito por trabalhar, queremos ir aos ilhéus, Santa Luzia, Branco, Raso, Fogo ...faltam muitos lugares por visitar ... e vão sair bastante mais espécies.".

O Biólogo Rui Freitas que está a frente do projeto em Cabo Verde, destaca nesta exposição a qualidade das fotos das lesmas. 

A exposição promovida em conjunto pela Universidade Tecnica do Atlantico, REDPROMAR e Centro Cultural do Mindelo, fica disponível  por tempo indeterminado.

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios