SINAPOL acusa Ministério da Administração Interna e Director da PN de represálias

25 de novembro de 2021

A+ A-

O Presidente do Sindicato Policia (SINAPOL), acusou hoje (25) o Ministério da Administração Interna e o Director da Policia Nacional de represálias contra elementos que participaram na greve dos policias, em 2017.

Desde essa  altura, adianta José Barbosa, os grevistas são alvo de uma profunda discriminação. Segundo ele, carga horária, continua elevada, com reflexos negativos no estado emocional e profissional dos agentes.

É convicção do líder do SINAPOL de que a corporação está sem rumo. O estado da  frota da corporação é lamentável, diz Barbosa, que se insurge  ainda contra o que classifica de falta de qualidade da farda que os policias envergam.

O serviço social da Policia Nacional também foi alvo de criticas  do SINAPOL, que fala  em desvios de fundos desse para fins que ninguém conhece. 

Perante este quadro, o SINAPOL promete não baixar os braços e pede ao Ministro da tutela que respeite e promova os direitos da Policia Nacional.

 

 

RTC Online, com RCV



Artigos Relacionados