Pendências e morosidade são os maiores males da justiça cabo-verdiana

20 de outubro de 2021

A+ A-

Pendências e morosidade, dois males de que  a justiça cabo-verdiana continua a padecer. Uma realidade confirmada pelo  presidente do Conselho Superior da Magistratura Judicial,  ouvido hoje (20) na primeira comissão da Assembleia Nacional.

Para resolver os problemas, várias medidas vem sendo adotadas, segundo Bernardino Delgado.

O país tem atualmente cerca de 10 mil processos pendentes, dos quais metade só na Praia. Situação que o presidente do CSMJ espera que fique resolvida com a cedência, ao Ministério da Justiça, das antigas instalações das UNI-CV em Palmarejo.

Aos deputados da primeira comissão, Bernardino Delgado deu conta também dos investimentos que estão a ser feitos em todos tribunais, visando a melhoria da prestação da justiça.

A audição do presidente da conselho superior de magistratura judicial insere-se na preparação dos deputados para o debate sobre o estado da justiça, marcado  para a próxima semana.

 

 

RTC Online, com RCV (Carlos Muniz)

Disponibilizado online por: Marcos Fonseca



Artigos Relacionados