Mudanças climáticas entram para a agenda do candidato José Maria Neves

14 de outubro de 2021

José Maria Neves, candidato Presidenciais 2021
A+ A-

A acidificação dos oceanos, o aquecimento global, o aumento do nível das águas do mar e os povos são temas que já afectam a sustentabilidade ambiental do país. Para além disso, toca uma transição digital com impacte no desenvolvimento do país.

José Maria Neves pede atenção redobrada para os efeitos que podem ter um impacto negativo em Cabo Verde e, na sua candidatura aumenta esta bandeira, até porque os pequenos estados insulares são os que mais reduzem neste domínio.

Avança que a transição energética também entra no pacote mais global de sua atuação no que diz respeito às mudanças climáticas. Pretende candidato, caso vença como necessário, aprove o que já existe em termos de parques solares eólicos e outros projectos da área.

Para Neves, acaba por impactar uma transição digital, que tem potencial para desenvolver a população e o país.

O candidato falava no comício de ontem à noite no Terreiro da Povoação, Ribeira Grande de Santo Antão, apinhado de gente, onde prometeu, igualmente que vai trabalhar numa operação de apoio para que as famílias pobres tenham acesso a habitação digna.

Aponta os dados estatísticos da pobreza, que revelam as mulheres como as mais afectadas - e tomando como referência a sua própria história de vida -, o candidato falava diretamente ao público feminino, prometendo, caso eleito, uma magistratura voltada para estimular uma sociedade de respeito mútuo, paz, amizade e promoção de igualdade social.

 

Emerson Pimentel | Adaptação Web e disponibilização: VNBorges, estagiária em jornalismo



Artigos Relacionados