Seleção Nacional de andebol convidada para torneio na Tunísia

14 de outubro de 2021

Seleção de Andebol de Cabo Verde ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / POOL / AFP
A+ A-

A seleção cabo-verdiana de andebol sénior masculina acaba de ser convidada para participar de um torneio internacional na Tunísia.

O torneio, previsto para decorrer de 03 a 07 de novembro, envolve as seleções da Suíça, Montenegro e a própria Tunísia. Ouvido pela RCV, Tony Teixeira, presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol, disse tratar-se de “uma grande oportunidade” para Cabo Verde.

“É um convite que surge de repente, mas acho que uma oportunidade que não podemos deixar de passar. A Tunísia é uma potência, a Suíça e Montenegro são equipas de um nível altíssimo e Cabo Verde tem de estar nesse nível. ”

O líder do andebol nacional acredita que a contratação do conceituado treinador sérvio, Ljubomir Obradovic, para dirigir a seleção nacional no próximo CAN foi decisivo para este convite. “Com o prestígio que o treinador tem ele conseguiu pôr o nosso nome na rota das equipas apetecíveis para participar num torneio do gênero”, vincou.

A seleção nacional, que vai estar no CAN em Janeiro do próximo ano, já tinha previsto um estágio em Portugal, precisamente para inícios de novembro. Em aceitando o convite para o torneio na Tunísia, a Federação terá de abdicar desse estágio em Portugal. Só que tudo já estava fechado.

“Teríamos de ficar dois dias ou três em Portugal. Graças ao Comité Olímpico Cabo-verdiano já conseguimos uma verba necessária para organizar esse estágio em Portugal. Agora, o que estamos a ver é se, primeiro, conseguimos a verba para as passagens Lisboa - Tunísia - Lisboa. Conseguindo, teremos de negociar com o Centro de Estágios em Portugal para ver se, em vez de nos cobrar seis ou sete dias de estágio, consigam reduzir para três dias. ”

A Tunísia, que convida Cabo Verde, garante o alojamento e alimentação. Resta conseguir a verba para as outras despesas. A federação, garante Tony Teixeira, está envidar esforços com diversos parceiros. É que, no entendre do presidente da FCA, “ficaria muito mal para Cabo Verde declinar o convite alegando falta de condições financeiras”.

Cabo Verde vai estar por segunda vez no Campeonato Africano de Andebol sénior masculino, a acontecer em Janeiro de 2022 em Marrocos.

Benvindo Neves, RCV



Artigos Relacionados