JMN diz que não há por onde esbanjar recursos com a campanha, como propalam seus adversários

13 de outubro de 2021

José Maria Neves, candidato Presidenciais
A+ A-

A  candidatura de José Maria Neves tem em andamento uma campanha de contribuição online ou "djunta mon" online para recolher recursos para a sua campanha.
 
O candidato diz que teve de recorrer à banca para financiar as suas acções de terreno. Além disso, afirma que recorreu a um empréstimo bancário para poder materializar a corrida ao Palácio do Plateau.
 
Além da subvenção garantida pelo Estado, José Maria Neves conta ter algum financiamento por parte daqueles que acreditam no seu projecto, através de uma campanha de contribuição online.
 
Os recursos financeiros aplicados nas campanhas são de tal forma desiguais, no entender de Neves, que uma das candidaturas é patrocinada pelo governo e seus membros.
 
José Maria Neves chega a Santo Antão no mesmo dia em que Carlos Veiga parte da ilha, depois de fechar as acções de terreno. Neves rejeita a ideia de que o terreno esteja minado, apesar de todo o apoio de grande figuras do MpD na ilha.
 
Esta manhã, a candidatura andou por diversas localidades do Paúl e termina o dia com comício em Povoaçao, Ribeira Grande.
 
Emerson Pimentel | Adaptação Web e disponibilização: VNBorges, estagiária em jornalismo



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados