Embargo aos produtos de Santo Antão torna difícil pensar em agricultura desenvolvida, Presidente da República

15 de setembro de 2021

Foto: Inforpress
A+ A-

É muito difícil pensar-se numa agricultura desenvolvida sem uma solução de fundo para a questão do embargo aos produtos agricolas de Santo Antão.

A posição foi defendida, ontem (15) em Porto Novo, pelo Presidente da Republica, Jorge Carlos Fonseca.

Segundo o Chefe de Estado, a situação tem que ser reavaliada a situação, fazer os contactos técnicos necessários dos pontos de vista, técnico e ciêntifico de maneira que possa haver uma solução.

O embargo que visava evitar a propagação da praga dos mil pés vigora desde 1984.



Artigos Relacionados