Afrobasket: Cabo Verde sem Marito em campo pela primeira vez

22 de agosto de 2021

Marito (8) no Afrobasket 2015 na Tunísia Foto: Marcos Fonseca
A+ A-

O Afrobasket que arranca terça-feira (24) em Ruanda é o primeiro em vinte e quatro anos que Cabo Verde não vai poder contar em campo com a contribuição de Mário Correia (Marito).

Antigo extremo e atual Presidente da Federação Cabo-verdiana de Basquetebol, o especialista nos lançamentos triplos jogou todas as seis edições da competição que o País participou.

Esteve no Senegal em 1997, em Angola 1999 e 2007, Líbia 2009, Costa do Marfim 2013 e Tunísia 2015.

Marito que em 2007 fez parte dos Bravos Guerreiros que conquistaram a Medalha de Bronze, é o melhor pontuador cabo-verdiano na história da competição, com mais de 338 pontos convertidos [Faltam os dados de 97].

Também ele é dono do recorde de número de jogos, mais de 29 [Faltam os dados de 97] e do recorde de minutos jogados, 811 [Faltam os dados de 97].

 

Pesquisa e Texto: Marcos Fonseca



Artigos Relacionados