Basquetebol: Cabo Verde perde com Guiné Conacri por margem mínima e apuramento para Afrobasket decide-se este domingo

26 de junho de 2021

Zola dando indicações à equipa nacional no jogo 1 com Guiné Conacri
A+ A-

Por uma diferença mínima de um ponto, a seleção nacional feminina de basquetebol perdeu esta tarde diante da Guiné Conacri na primeira mão da eliminatória de acesso ao Afrobasket.

O jogo terminou com o placar a marcar 65 – 64 a favor das guineense.

Cabo Verde entrou bem, venceu o primeiro quarto por 20 – 17. Depois, no segundo periodo, a Guiné Conacri recuperou e passou para a frente, tendo chegado ao intervalo a vencer por 10 pontos de diferença.

No terceiro periodo, a seleção nacional não consegui encurtar a a diferença, com o marcador a assinalar 53 - 43.

No último quarto, com 10 pontos a favor da Guiiné Conacri, Cabo Verde deu o tudo por tudo, foi diminuindo a distância e, no derradeiro suspiro, com o placar em 65-61, Allexia Barros já em desespero conseguiu um espectacular lançamento de três pontos, deixando a equipa nacional a 1 ponto das guinenses, 65-64.

No fim da partida, o selecionador nacional, António Moreira “Zola”, falou à Rádio de Cabo Verde e destacou o lado emocional que tomou conta da partida.

“Um bocadinho à semelhança daquilo que eu estava à espera, a emoção tomou conta do jogo. Era um dos aspectos que eu falei bastante com as jogadoras, para tentarem controlar melhor a emoção. Neste aspecto era importante sabermos balançar a parte emocional.”

Este domingo, acontece a segunda mão. Cabo Verde só precisa ganhar por uma diferença de dois pontos para selar o apuramento para o Afrobasket deste ano. Zola diz que a seleção nacional tem todas as condições para conseguir o objectivo.

“O objectivo neste primeiro jogo era terminarmos numa posição em que pudéssemo ter condições de discutir a segunda partida. Estando apenas a um ponto, ainda temos quatro periodos para irmos ao encontro do nosso objetivo, o jogo praticamente está empatado. Acho que ainda temos alguns trunfos que poderemos usar contra o nosso adversário. Temos muitos ainda aspectos para corrigir, vamos analisar o jogo e ver o que podemos melhorar. Estamos focados em chegar ao Afrobasket”, disse à RCV.

O novo duelo com entre Guiné Conacri e Cabo Verde acontece este domingo, a partir das 15h00 locais, 14h00 em Cabo Verde.

Benvindo Neves / RCV



Artigos Relacionados