Ministério da Educação estuda dois cenários para o próximo ano letivo

25 de junho de 2021

A+ A-

O Ministério da Educação tem em cima da mesa dois cenários para o próximo ano letivo: o da divisão de turmas e de aulas normais com frequência diária. 

A Diretora Nacional da Educação diz-nos que a decisão final vai depender da evolução da situação epidemiológica. Sobre o ano letivo que agora termina e ainda sem dados definitivos, Eleonora Sousa garante que a avaliação dos alunos do ensino básico e do secundário é positiva apesar dos efeitos da pandemia da Covid-19.

O ano letivo 2020/2021 foi de grandes desafios para o Ministério da Educação. Contudo, afirma a Diretora Eleonora Sousa que, apesar do contexto pandémico, a avaliação do ano letivo é positiva.

O momento agora é de avaliação dos alunos e os dados que chegam à Direção Nacional da Educação vão dando satisfação à equipa diretiva. Eleonora Sousa avança, também, que há alunos que não conseguiram atingir os objetivos e que agora estão sujeitos a exames de recurso. 

O Ministério da Educação está a preparar, em simultâneo, o próximo ano letivo para o qual se prevê dois cenários. Para o próximo ano letivo a prioridade do Ministério da Educação será a vacinação de todos os professores até setembro e a recuperação das aprendizagens por parte dos alunos.

O ano letivo 2020/2021 termina este sábado, 26 de junho. Já o arranque do próximo ano letivo está programado para 13 de setembro.



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados