Faleceu o antigo internacional cabo-verdiano Neno

11 de junho de 2021

A+ A-

Adelino Barros, mais conhecido por Neno, antigo guarda-redes, faleceu ontem à noite, em Portugal, vítima de doença súbita, aos 59 anos.

Em 1983, o guarda-redes, que é natural da Cidade Velha, Santiago, representou Cabo Verde na Taça Amílcar Cabral na Mauritânia. Lançado por José Resende (Djdidjé) que no meio da prova substituiu o demitido Du Fialho, Neno alinhou em dois jogos.

Na edição de 17 de Março de 2014, do extinto programa Kriolos pelo Mundo, Neno recordou sua passagem pela Seleção de Cabo Verde. "Joguei no segundo e terceiro jogo, mas não conseguimos a qualificação [para fase seguinte da prova]".

Mais tarde, Neno que fez carreira em clubes portugueses como Benfica, Guimarães e Vitória de Setúbal, trocou Cabo Verde pela Seleção de Portugal."Cheguei a Portugal, passando uns tempo fui chamado a Seleção portuguesa. Já tinha sido chamado pré-selecionado à seleção portuguesa antes de Cabo verde. Não fui porque era muito novo. Tinha dupla nacionalidade e jogava em Portugal. Mas tarde, acabei por  optar pela Seleção de Portugal. Que também é um orgulho para Cabo Verde".

Atualmente Neno era Relações Publicas do Vitória de Guimarães de Portugal, clube que tem no seu plantel, o também guarda-redes internacional cabo-verdiano, Mário Jorge Évora.

Marcos Fonseca / RCV

Oiça, em baixo, a notícia com declarações de Neno a recordar a altura em que esteve na seleção de Cabo Verde:



Artigos Relacionados