Paralímpicos: Carlos Araújo e Heidilene Oliveira tentam Tóquio via Itália

17 de março de 2021

Heidilene Oliveira e guia Jaílson Oliveira [foto Estádio Nacional]
A+ A-

Carlos Araújo e Heidilene Oliveira acabaram não viajar para Tunis, como inicialmente estava previsto. Os 2 atletas vão agora representar Cabo Verde no GrandPrix de Jasolo, evento de Atletismo que acontecede 16 a 18 de Abril, na Itália, onde vão tentar obter os mínimos de qualificação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Araújo e Oliveira estavam, inicialmente, selecionados para o GrandPrix de Tunis, que já decorre na Tunísia. Mas, conforme explica o Secretário-geral do Comité Paralímpico Cabo-verdiano, e em comum acordo com os atletas, ambos foram incluídos na competição agendada para o próximo mês em terras transalpinas.

Heidilene Oliveira tem estado a treinar-se no Estádio Nacional, com o seu guia Jaílson Oliveira. Já, Carlos Araújo encontra-se em São Vicente e deverá viajar, ainda esta semana, para a cidade da Praia, onde terá melhores condições de afinar as estratégias para esta importante competição internacional.

Elton Gonçalves reitera confiança numa boa participação nacional, já que, como diz, tratarem-se de atletas com muita qualidade. 

A comitiva cabo-verdiana, composta por 4 elementos, deverá viajar para a Itália no próximo dia 11 de Abril. Carlos Araújo integra a categoria T47, para amputado de membro superior e Heidilene Oliveira está incluída na categoria T12, para deficiente de baixa visão com guia. Ambos são velocistas e vão competir nos 100, 200 e 400 metros. 

Pedro Paulo Moreira / RCV