Trabalhadores do IEFP marcam greve para os dias 18 e 19 de março

11 de março de 2021

A+ A-

Os trabalhadores do Instituto de Emprego e Formação Profissional, IEFP, farão greve nos dias 18 e 19 de março se, até à próxima quarta-feira, não for publicada, no Boletim Oficial, a lista definitiva de transição para o quadro do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do IEFP.

O pré-aviso de greve já está na Direção Geral do Trabalho e no Conselho Directivo do IEFP, e vincula os trabalhadores filiados no Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, SINTAP, e no Sindicato da Indústria Comércio e Turismo, SICOTUR. 

A greve é a nível nacional e é subscrita por 90% dos trabalhadores do IEFP, conforme palavras de Luís Lima, secretário permanente SINTAP, esta manhã, em conferência de imprensa. Os outros 10% são dirigentes, precisa Luís Lima.

O PCCS do IEFP foi publicado no início de dezembro de 2020. Verificado o período de reclamação após a publicação da lista transitória, em janeiro de 2021, há 40 dias que os trabalhadores estão à espera da publicação no Boletim Oficial da lista definitiva de transição para o quadro do PCCS do IEFP.
Informação segura e que surpreendeu o sindicalista foi a não comparência da TCV na conferência de imprensa.

José Leite / RCV