Secretária Geral da UNTCS-CS afirma que os trabalhadores na ilha do Maio encontram-se abandonados pela DGT e IGT

03 de fevereiro de 2021

Joaquina Almeida, Secretária-geral da UNTC-CS
A+ A-

A Secretária-geral da UNTC-CS fez  hoje duras criticas à actuação da  Inspecção-geral do Trabalho e da  Direção-Geral do Trabalho na ilha do Maio,  acusando-as  de inoperância  total.
Criticas que surgem na sequência de uma visita de três dias de Joaquina Almeida  à ilha, onde, diz, os trabalhadores estão totalmente esquecidos pelas autoridades do trabalho.

A secretária-geral da UNTC-CS acusa ainda  a Inspecção Geral do Trabalho e  a Direção-Geral do Trabalho de praticamente não efecturem ações inspetivas às instituições do Estado,  e que quando o fazem, fazem-no sempre, avisando previamente.

Perante este cenário, a UNTC-CS não se vai calar, denunciando todas as situações que ponham em causa os interesses dos trabalhadores, promete Joaquina Almeida.
Na ilha do Maio, a líder da UNTC-CS aproveitou a ocasião para ministrar uma formação sobre as alterações ao código laboral e organização sindical.

Reportagem RCV