Física e química são as áreas escolhidas para a formação de professores no quadro do projeto Lab in Box

11 de setembro de 2019

A+ A-

Depois da cidade da Praia, em 2016, é a vez de Mindelo receber a formação destinada a trinta docentes das ilhas da região norte do país.


Com recurso a materiais disponíveis e de fácil acesso no mercado, professores que lecionam as disciplinas de física e química, nas escolas secundárias da região de Barlavento, estão a aumentar os seus conhecimentos em experiências laboratoriais.

Numa formação, de três dias, que decorre na Casa da Ciência, no Mindelo, os docentes estão a adquirir saberes que poderão refletir nas aulas práticas. Esse é o resultado esperado pelo projeto Lab in Box do Instituto Gulbenkian que chega às ilhas numa cooperação com o Ministério da Educação, garante Rodrigo Abreu.

Os destinatários da formação vão testar trinta novos protocolos de experiências, algumas delas que encantam pelos resultados e simplicidades dos materiais aplicáveis, revela o coordenador do Projeto Lab in Box.

A formação em física e química, é a segunda ministrada pelo projeto do Instituto Gulbenkian que, em 2016, formou professores nas áreas de biologia e ecologia.

Competências que o coordenador do Lab in Box espera ser ferramentas de ajustos e de melhorias do curriculum das disciplinas abrangidas.

Na formação que termina hoje participam trinta professores de física e química dos estabelecimentos de ensino secundário da região de Barlavento.


José Pedro Santos - RTC/São Vicente

Disponibilizado online por Mário Almeida



Artigos Relacionados