Um grupo de trabalhadores da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago vai estar de greve durante três dias

12 Abril de 2024

A+ A-

O SIACSA (Sindicato da Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil e Serviços) exige a regularização da situação de grupos de funcionários da Câmara Municipal, e chama atenção para salário praticado, que está abaixo do mínimo. 

Um grupo de trabalhadores da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago vai estar de greve durante três dias, as reivindicações passam pelo aumento salarial, subsídio de risco e trabalho noturno, melhores equipamentos, entre outros. 

O sindicalista Gilberto Lima, do SIACSA, que esteve num encontro com a equipa camarária, afirma que edilidade mostrou-se aberta para regularizar as diferentes situações dos funcionários sob pena de receber uma ação do mistério público.

Pode Interessar

Videos que pode Interessar