Transferir competências dos conservadores e notários aos advogados e modernizar a justiça - Joana Rosa

17 de agosto de 2022

A+ A-

Uma modernização no setor da justiça cabo-verdiana, é assim que a Ministra da Justiça considera a transferência das competências dos conservadores e notários aos advogados.

Joana Rosa assegura que os serviços de atendimento público vão ser mais céleres e sem filas de atendimento com a adoção dessa medida.

Para a governante para além do recrutamento de mais oficiais, conservadores e notários é preciso, também alinhar a prestação do serviço público às práticas internacionais.

Quanto ao facto da Associação Sindical dos Conservadores e Notários de Cabo Verde manifestar-se contra a decisão, Joana Rosa diz que é algo natural quando se trata de reformas.

A governante acredita que é preciso alguma abertura em relação a esse processo que considera ser, uma revolução digital no setor da justiça.

Modernizar sem pôr em causa a autenticidade e a segurança jurídica com a prestação dos serviços online é o que tenciona o Ministério da Justiça.

Joana Rosa desafia ainda os profissionais do setor a debaterem o sistema dos serviços de registo e notarial do país.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios