Taça Cabo Verde: Paulense vence Juventude da Boa Vista e marca despique com Mindelense na Final-four

29 Maio de 2024

A+ A-

O Paulense continua a viver um conto de fadas na Taça de Cabo Verde. Depois de ter experimentado a amargura de terminar o campeonato regional de Santo Antão Norte na última posição, a equipa encarnada da Cidade das Pombas fez história nesta quarta-feira ao se apurar, pela primeira vez, para a Final-four da Taça de Cabo Verde. 

A qualificação veio em estilo, com o Paulense a derrotar a Juventude da Boa Vista por 3-0, jogo disputado no Estádio João Serra, na Ponta do Sol.

Jon de Bibi esteve em destaque ao marcar dois golos. O avançado inaugurou o marcador logo aos 19 minutos.  Ainda a meio da primeira parte, aos 27 minutos, o Paulense dobrou a vantagem, com golo do veterano Amunike, que deu melhor sequência a um pontapé de canto.

A Juventude esteve muito apática na primeira parte. Depois do descanso, a equipa campeã regional e detentora da Taça da Boa Vista melhorou, tendo criado algumas boas oportunidades, mas seria o Paulense quem voltaria a marcar e, novamente, por Jon de Bibi, fixando o resultado final em 3-0, aos 72 minutos.

“Dominámos o adversário, somos justos vencedores” – treinador do Paulense

Em declarações à RCV, o treinador do Paulense, Niná, mostrou-se orgulhoso pelo resultado.

“Primeiramente, é uma enorme alegria ver o Paulense a trilhar esta etapa. Dominámos a primeira parte, fomos a equipa que criou mais oportunidades, e soubemos aproveitar duas ocasiões. Na segunda parte foi igual, dominámos o adversário, é um resultado justo.

Que Paulense na final-four?

“Continuaremos, obviamente, com esta responsabilidade de querer representar Santo Antão com a mesma ambição. Sabemos que vamos encontrar adversários difíceis, que já foram campeões nacionais. Mas, respeitando a sua qualidade, por tudo aquilo que têm feito a nível nacional, vamos com ambição de querer estar na final e depois logo se vê” 

Resultado “justo” para o Paulense – Luís Neves

Luís Neves, treinador da Juventude aceitou o desfecho com fair-play.

“Eles dominaram o jogo, temos de ser realistas. Fizeram seu trabalho bem feito, nós não soubemos aproveitar nossos momentos. Resta-nos dar-lhes os parabéns por seguirem em frente”

O Paulense, que já tinha eliminado na primeira eliminatória o Atlético de São Nicolau, deixa agora pelo caminho a Juventude da Boa Vista e vai defrontar na final-four o Mindelense. 

Falta definir quem jogará com a Académica da Praia. A última vaga na final-four vai ser preenchia pela Palmeira, Barreirense ou Morabeza.

Barreirense defronta em casa a Palmeira no sábado, 01 de junho. O vencedor vai depois receber o Morabeza da Brava na 2ª eliminatória para se definir quem avança para a final-four, onde enfrentará a Académica da Praia.

Inicialmente marcadas para os dias 29 e 30 de maio, e 01 de junho na ilha do Sal, a final-four e a final foram adiadas e ficam para uma outra data a ser definida pela Federação Cabo-verdiana de Futebol. 

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar