PAICV quer salvaguarda interesse nacional nas futuras privatizações e acusa governo de intransparência

23 de novembro de 2022

A+ A-

O Grupo Parlamentar do PAICV acusou o executivo de não cumprir promessas de governar com mais transparência e de gerir recursos públicos como se de negócios privados se tratasse. João Baptista Pereira, líder Grupo Parlamentar do PAICV,  acusa o Governo de esconder a dívida pública e defende total transparência nas futuras privatizações e concessões e garantia de acessos a cargos públicos através de concursos públicos.

O maior partido da oposição vê muita intransparência na gestão dos recursos públicos por parte do Governo e incumprimento de promessas de leis transparentes e de capturar a Administração Público, promovendo o amiguismo, clientelismo e interesses de grupos e de negócios escusos como a TACV e a concessão dos transportes marítimos inter-ilhas e dos aeroportos nacionais.

Depois do Governo ter anunciado uma lista de privatizações, concessões e parcerias publico-privadas, nomeadamente da Eletra, Emprofac, Enapor, CVTelecom, Caixa Econômica de Cabo Verde entre outros, o PAICV quer a salvaguarda interesse nacional nas futuras privatizações.

Também o PAICV acusa o Governo de esconder a dívida pública, apelando o Governo a arrepiar caminho e a optar decididamente pela transparência, enquanto fator fundamental para o desenvolvimento de Cabo Verde.

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios