PAICV exige medidas emergenciais do Governo para travar o nível de sinistralidade na estrada Espargos/Santa Maria

03 Abril de 2024

A+ A-

Os aparatosos acidentes de viação na ilha do Sal e que provocaram perdas humanas, materiais e ferimentos graves resultam do fato de o Governo estar a ignorar as sucessivas chamadas de atenção, quer da sociedade salense, quer do deputado nacional do PAICV. Uma posição assumida hoje em conferência de imprensa por parte de Démis Almeida deputado do PAICV pelo círculo do Sal.

Medidas emergenciais se impõem por parte do Governo para repor um mínimo de segurança rodoviária na estrada que liga Espargos a Santa Maria. 

O desabafo é do deputado Démis Almeida, ladeado por deputados municipais do PAICV que entende que a responsabilidade primeira é do Governo mas, também dos deputados da situação e da Câmara Municipal que têm contribuído para a normalização do estado de coisas atribuindo a responsabilidade aos condutores. 

Para travar o nível de sinistralidade nesta estrada Lobo Almeida entende que é urgente a adoção de medidas emergenciais.

A reparação da atual via única nos dois sentidos é outra exigência que o deputado nacional faz ao Governo porque a ilha não pode continuar com uma via completamente esburacada com um nível inqualificável de degradação. 

Démis Almeida estranha também o porquê da obra desta estrada estar visivelmente parada.

O deputado do PAICV, pergunta ainda se o Governo vai dar garantias à população salense se efetivamente as obras estarão concluídas dentro de 15 meses. 

Ouça, em baixo, a reportagem completa com as declarações do deputado Démis Almeida, com jornalista Valdemar Almeida

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar