“Se houver mais investimento no desporto em Cabo Verde poderá haver uma explosão de talentos” - Edy Tavares

04 Julho de 2024

A+ A-

Edy Tavares já deixou a ilha do Maio, onde esteve de férias nas duas ultimas semanas, tendo aproveitado para realizar mais um campus de treino com crianças de toda a ilha.

De passagem pela cidade da Praia, o basquetebolista internacional cabo-verdiano esteve ontem a visitar a escolinha de basquetebol do Prédio.

O jogador do Real Madrid constata que se Cabo Verde fizer mais investimentos no desporto, e no basquetebol em particular, poderá haver uma explosão de talentos.

“Renovação Seleção? Temos uma nova geração com muito talento”

Edy Tavares dá exemplo de alguns jovens que começaram aqui no país e que já atingiram a seleção nacional, com grande mérito.

 

“Novo contrato com Real Madrid deverá ser meu de longa duração”

Olhando agora para a carreira do basquetebolista, Edy já vai com sete anos no Real Madrid. E deverá continuar por muito tempo porque irá assinar mais um contrato de longa duração com o clube espanhol.

“Tive algumas boas propostas para a NBA, optei por ficar no Real”

Edy Tavares confessa que chegou a ter duas importantes propostas para regressar à NBA mas que era complicado bater a clausula de rescisão que tem assinado com o Real Madrid.

A época que ainda agora terminou foi de muitos desafios para o basquetebolista natural da ilha do Maio, que, inclusive, Edy teve de lutar contra uma infeção respiratória. Mas soube dar a volta e até voltou a estar no topo das estatísticas dos melhores defensores em Espanha. 

“Tivemos uma época quase perfeita, ganhámos 3 de 4 competições”

O Real Madrid conquistou a liga, a Supertaça e a Taça del Rey, chegou à final da Euroliga, tendo perdido para os gregos do Panatinaikos. Uma derrota que custou muito à equipa de Edy Tavares.

Nesta entrevista ao jornalista Elvis Neves, Edy Tavares abordou vários outros assuntos. Por exemplo, a sua paixão pelo Benfica, clube onde atua dois companheiros do basquetebolista na seleção nacional: Ivan Almeida e Betinho Gomes. O pivot não descarta a possibilidade de um dia, já em fim de carreira, via e representar as águias. 

“Estou a torcer pelo Boavista no nacional de futebol. Quero que Wi marque uns três golos”

Do basquetebol para o futebol, Edy Tavares tem estado atento ao desenrolar do campeonato nacional de futebol. E tem estado a torcer pelo Boavista da Praia, por causa de Wi, jovem avançado natural da ilha do Maio. E elogia a o regresso de Stopira ao futebol nacional. 

“Que os jovens não percam suas ilusões. Eu tive minha oportunidade tarde, aos 17 anos”

Por fim, uma mensagem aos mais novos. Edy Tavares pede aos jovens desportistas para não perderem de vista suas ilusões. E dá o seu próprio exemplo, pois teve sua oportunidade um pouco tarde, aos 17 anos.

Ouça, em baixo, a noticia completa com as declarações de Edy Tavares

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar