Com menos de um mês de inauguração a UCI já tem uma taxa de ocupação acima dos 65%

09 de junho de 2022

A+ A-

Menos de um mês depois da inauguração da UCI, Unidade de Cuidados Intensivos, do Hospital Universitário Agostinho Neto (HUAN), na  Praia, a taxa de ocupação ascende aos 65%, tendo já recebido pacientes provenientes de várias ilhas. A informação é avançada pelo Ministério da Saúde.

A Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital Universitário Agostinho Neto, na Praia, recebeu, nesta quarta- feira, a primeira missão de apoio, após a entrada em funcionamento.
Trata-se de uma missão composta por uma equipa multidisciplinar da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos, instituição de apoio nos cuidados de doentes críticos com necessidade de ventilação mecânica.

Segundo o Presidente do Conselho de Administração do HUAN, Imadoeno Cabral, a nova UCI conta com uma taxa de ocupação acima dos 65%, tendo já recebido pacientes provenientes de várias ilhas do país.

Imadoeno Cabral considerou  que o funcionamento da UCI constitui mais um passo “importante”, que contribui para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A UCI, foi inaugurada a 15 de maio, tem capacidade para 10 camas, sendo 6 para cuidados intensivos e 4 para cuidados intermédios.

O objetivo é disponibilizar aos doentes críticos melhores condições técnicas, tecnológicas e humanas de cuidados e qualidade de assistência, reduzir os óbitos, implementar novas valências médicas e cirurgias no país, para além de contribuir para redução da evacuação de doentes para estrangeiro.

Artigos Relacionados