Cabo-verdiana Elisabeth Moreno sai do Governo para se candidatar ao Parlamento francês

18 de maio de 2022

A+ A-

Elisabeth Moreno, a Ministra Delegada da França para a Igualdade, Diversidade e Igualdade de Oportunidades, em França, não faz parte do novo Governo francês que a partir de hoje é chefiado Elisabeth Borne. Moreno a primeira cidadã de origem cabo-verdiana a entrar para o Governo francês é a candidata da Republique en Marche para o parlamento francês.

A saída de Elisabeth Moreno do Governo já estava a ser noticia em França, mesmo antes do anuncio da saida de Jean Castex da Chefia do Governo francês. A condenação a um ano de prisão e dois de inelegibilidade de M'jid El Guerrab o deputado para representar os franceses que vivem nos países do Magreb e África foi o mote para o avanço de Elisabeth Moreno para se candidatar ao Parlamento pelo Republique en Marche, o mesmo partido do presidente Emanuel Macron.

Elisabeth Moreno é natural do Tarrafal de Santiago, emigou com os pais para França. Empreendedora e ativista social é uma das figuras mais conhceidas da nossa diáspora. Antes de ser covnidada para ser a Ministra Delegada da França para a Igualdade, Diversidade e Igualdade de Oportunidades.

Moreno esteve na Direção de gigantes francesas do setor das TICs. Defensora da igualdade de genero, da integração dos estrangeiros em França, Elisabeth Moreno sai do Governo para ser deputada para representar os franceses que vivem no Magreb e na África Ocidental no Parlamento francês.

Elisabeth Borne é a nova primeira ministro francesa, terá como prioridade a ecologia, a saúde, a educação, o pleno-emprego, um novo impulso democrático, a Europa e a segurança.

Artigos Relacionados