Cabo Verde regista, em média, 20 a 30 casos importados de paludismo por ano

25 Abril de 2024

A+ A-

Cabo Verde regista, em média, 20 a 30 casos importados de paludismo por ano. Informação avançada pelo Coordenador do Programa Nacional de Luta Contra o Paludismo, António Moreira e vem a propósito do Dia Mundial de Luta Contra o Paludismo, que se assinala hoje.

O Coordenador do Programa Nacional de Luta Contra o Paludismo começa por dizer que desde 2018 Cabo Verde não regista nenhum caso de transmissão local de paludismo, sublinhando que a vigilância se mantém ativa para detetar casos de paludismo importados.

António Moreira avança que o Ministério da Saúde tem estado a desenvolver um leque de atividades de forma descentralizada para assinalar o Dia Mundial de Luta Contra o Paludismo.

Este ano, o Dia Mundial de Luta Contra o Paludismo é assinalado sob o lema “Acelerar a luta contra o Paludismo para um mundo mais equitativo”.

Cabo Verde foi certificado pela Organização Mundial da Saúde como país livre de paludismo desde o dia 12 de abril de 2024."

Ouça, em baixo, a notícia completa com o jornalista Ailson Martins

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar