Cabo Verde prepara programa para regresso de quadros da diáspora

25 de maio de 2022

A+ A-

Cabo Verde está a preparar um programa para fazer regressar quadros da diáspora. A informação foi avançada Secretário de Estado para a Inovação e Economia Digital durante a conversa aberta “Fuga de cérebros e consequências para o desenvolvimento da ciência em Cabo Verde”.

O evento faz parte da Semana Africana da Ciência organizada pela Embaixadora do Fórum Próximo Einstein, um programa Pan-africano voltado para a educação nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática.

A representante do NEF em Cabo Verde espera gerar debate em torno do facto do pais investirem em quadros que muitas vezes vão estudar fora e não regressam, ou as formas de potenciar que esse Capital humano esteja no País e contribua para o seu desenvolvimento.

Anise Pereira acredita que além da falta de condições materiais e humanas muitas vezes a própria estrutura organizacional não está aberta a mudanças.

O Governo está a apoiar as universidades no sentido de incubar mais ideias que sirvam ao tecido empresarial e economia, caso da Bolsa Cabo Verde Digital.

O executivo está a desenvolver um programa também para diminuir a Fuga de Cérebros conforme o Secretario de Estado para a Inovação e Economia Digital, Pedro Lopes.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados