Cabo Verde perto de obter certificado de País Livre do Paludismo

15 de junho de 2022

A+ A-

Uma equipa da Organização Mundial da Saúde, vai estar no País, ainda este mês para a pré-certificação e, em setembro virá avaliar o pedido de certificado da eliminação do Paludismo.

Neste momento decorre uma serie de formações para profissionais de saúde que trabalham na recolha e tratamento dos dados com vista à pré-certificação.

A formação dirigida a Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Laboratório e de Estatística e Epidemiologistas, chegou a São Vicente e visa reforçar a agenda da eliminação do Paludismo, conforme o Coordenador do Programa Nacional de Doenças de Transmissão Vetorial Associados ao Meio Ambiente.

António Moreira avança que a situação atual aponta para uma fase avançada da eliminação do Paludismo apresentando apenas casos importados.

Cabo Verde prepara-se para receber experts da OMS que estarão no Pais ainda este mês para avaliar o pedido de certificado da eliminação do paludismo.

Para que o Arquipélago possa ser avaliado corretamente e obter o certificado de País Livre do Paludismo, é necessário, afirma, António Moreira, dados atualizados.

Cabo Verde não regista casos autóctones de Paludismo há mais de 4 anos, mas tem havido casos importados nas ilhas de Santiago e Boa Vista.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados