Alunos de escolas secundárias da Praia manifestam-se pela publicação das notas e melhorias no sistema de ensino

04 Abril de 2024

A+ A-

Os alunos das escolas secundarias da cidade da Praia saíram às ruas em manifestação em solidariedade com os professores. Atribuem as responsabilidades do congelamento das notas ao Ministério da Educação por não garantir condições de trabalho aos docentes. E garantem que esta manifestação também, é um protesto contra o sistema de avaliação que prejudica bastante os esforços dos estudantes.

Com permanência do braço de ferro entre o Ministério da Educação e os professores. Os docentes de 40 escolas do país congelaram as notas dos alunos referente ao segundo trimestre. Na altura deste anuncio o Ministério da Educação afirmou que esse tipo de protesto é ilegal porque prejudica os alunos. E neste segundo dia de aula do terceiro trimestre os alunos dos liceus da cidade da Praia saíram as ruas em manifestação para prestar solidariedade aos professores e culpar o Governo pelo congelamento das notas porque segundo afirmam o governo não deu margem aos docentes por uma outra solução.

Os alunos afiançam que esta manifestação também é para reivindicar melhorias de condições nos ambientes escolares e protestar contra o sistema de avaliação que em nada valoriza os esforços dos estudantes.

Centenas de estudantes das escolas secundárias, Cesaltina Ramos, Manuel Lopes, Domingos Ramos, Pedro Gomes e Regina da Silva, da cidade da Praia, uniram-se numa manifestação pacífica, solidarizando com os professores exigindo melhorias no sistema educacional  protestando contra o congelamento de notas.

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar

Audios que pode Interessar