Notícias

Ministério Público manda arquivar os autos das denúncias do advogado Amadeu Oliveira


Amadeu Oliveira - Advogado
23 Mar 2019 Sociedade


O Ministério Público mandou arquivar os autos das denúncias do advogado Amadeu Oliveira contra os juízes conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça Benfeito Mosso Ramos, Fátima Coronel, Sara Boal e ainda o juiz Afonso Delgado, colocado na Comarca de Ribeira Grande, em Santo Antão.


NO despacho, pode-se ler que “por si só as decisões tardias não configuram a prática de qualquer crime contra a administração da justiça”.

O Ministério Público afirma que não há qualquer facto que comprove a existência de qualquer intenção dos juízes denunciados em beneficiar ou prejudicar qualquer um dos arguidos cujos processos chegaram ao Supremo.

O Ministério Público entende que os factos denunciados retratam posicionamentos jurídicos diferentes entre Amadeu Oliveira e os denunciados.

Assim, por considerar que não há prova de alegados crimes de prevaricação de magistrados e nem introdução de peças falsas em processos, o Ministério Público mandou arquivar as denúncias.


Emerson Pimentel - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade