Notícias

Cronologia 15 dia da erupção do vulcão do Fogo

08 Dez 2014 Sociedade


A RCV apresenta uma cronologia dos acontecimentos para melhor entendermos este fenómeno em Chã das Caldeiras.


PRIMEIRA SEMANA
Domingo, 23 de Novembro
- Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, por volta das 06h, confirma que probabilidade de uma erupção vulcânica eminente ao Presidente do Serviços Nacional de Protecção Civil.
- Ás 9h45 a erupção tem o seu inicio.

- Via principal de acesso á Chã das Caldeiras é “cortada” pelas lavas que estavam em direção a Cova Tina
- No final do dia de Domingo termina a evacuação das pessoas residentes em Chã das Caldeiras.

Segunda-feira, 24 de Novembro
- A primeira decisão tomada foi a de se construir uma nova via de acesso alternativo e emergencial.
- Abertura e início de gestão dos centros de acolhimento dos desalojados em Achada Furna, Monte Grande e Mosteiros.

Terça-feira, 25 de Novembro
Lavas atingem parcialmente a sede do Parque Natural e algumas casas.Dá-se início à evacuação dos bens.

Quarta-feira, 26 de Novembro
Avanço das lavas em direcção ao Monte Amarelo

Quinta-feira, 27 de Novembro
Vulcão torna-se ainda mais activo mas sem consequências a registar

Sexta-feira, 28 de Novembro
As lavas diminuíram de velocidade na sua ocupação de terreno.

Sábado, 29 de Novembro
A situação continua estável com a exceção de que 2 bocas do vulcão surgidas anteriormente se fundiram numa só.

SEGUNDA SEMANA
Domingo, dia 30 de Novembro
As lavas ganham maior velocidade e destroem completamente a sede do Parque Natural.
Segunda, 01 de Dezembro
- O vulcão dá uma trégua e as lavas têm um avanço pouco expressivo no terreno.

Terça-feira, 02 de Dezembro.
- As lavas avançam muito rapidamente e destroem o Hotel Pedra Braba, escola, posto policial, delegação municipal, posto de saúde e 39 casas em Portela.

Quarta-feira, 03 de Dezembro e Quinta-feira, 04 de Dezembro.
- As lavas não tiveram um avanço significativo no terreno

Sexta-feira, 05 de Dezembro
- Aumento de débito das lavas na boca eruptiva, mas avanço lento das lavas no terreno.

Sábado, 06 de Dezembro
- Vulcão intensifica a sua actividade e as lavas avançam muito rapidamente por Portela em direcção a Bangaeira
- Por volta das 18h30 lavas destroem o Polidesportivo, 18 casas e a terceira via de acesso.
- Acesso à Chã das Caldeiras condicionado.

TERCEIRA SEMANA
Domingo, 07 Dezembro
- Nas primeiras horas de domingo, as lavas destruíram as Igrejas Adventista e Católica e logo depois destruiu as partes traseira e dianteira da Adega de Vinho.
- Por volta das 6h da manhã, as lavas invadem Bangaeira e destroem o Pensão Marisa e cerca de 20 casas.
70% de Bangaeira é invadida pelas lavas (11h)
- Interdição total à Chã - das - Caldeiras.


MCSA - RCV


Relacionados

Comentários

Pesquisar






Publicidade