Notícias

Cabo Verde já tem sistema que permite fiscalizar a pesca ilícita


Foto: Ilustração
28 Out 2011 Economia

O SADAP é um método que permite apoiar atividades de patrulha dos países que têm espaços marítimos sob jurisdição, ou com responsabilidades diárias de busca e salvamento, como é o caso de Cabo Verde.

Cabo Verde passa a dispor de um Sistema de Apoio a Atividade de Patrulha (SADAP) que vai permitir além de fiscalizar a pesca ilícita, contribuir em ações de buscas e salvamento.

O SADAP é um método que permite apoiar atividades de patrulha dos países que têm espaços marítimos sob jurisdição, ou com responsabilidades diárias de busca e salvamento, como é o caso de Cabo Verde.

Ele já foi Instalado no Centro de Operações de Segurança Marítima (COSMAR), na Capital, já está a funcionar e de acordo com o Coronel Jorge Monteiro, vai permitir melhorar entre outros aspectos no país, a fiscalização da pesca ilícita. Diferente do anterior sistema, este permite o cruzamento de vários dados.

Por este motivo, segundo Monteiro, veio melhorar a capacidade de controlo da área marítima de Cabo Verde. E para melhor utilização do SADAP, vinte e um formandos, nomeadamente das forças armadas, da polícia marítima, da direcção geral das pescas terminaram uma formação na tarde de ontem.

O sistema também vai ser instalado no Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas (INDP), na Praia e em São Vicente, foi implementado através da cooperação entre Cabo Verde e Portugal.


Comentários

Pesquisar