Notícias

Cabo Verde participa na exposição “Tanto Mar – Fluxos transatlânticos do design”


08 Mar 2018 Cultura


O Centro Nacional de Artesanato e Design é quem tem a responsabilidade de representar o nosso país nesse evento, através de duas peças do seu acervo e da autoria do artesão José Mota.


A exposição “Tanto Mar – Fluxos transatlânticos do design” é promovido pelo Museu do Design e da Moda e pretende apresentar diálogos entre Portugal e Brasil no campo do design.

Nesse traçar do mapa dos fluxos entre Portugal e Brasil, as curadoras da exposição, Barbara Coutinho, pela parte portuguesa, e Adélia Borges, pela parte brasileira, entenderam lançar também um olhar às obras das ex-colónias portuguesas, países que estiveram na rota das trocas luso-brasileiras.

O convite ao Centro Nacional de Artesanato e Design é, diz Irlando Ferreira, Diretor do CNAD, o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela instituição e pela visibilidade que a Feira Anual de Artesanato e Design de Cabo Verde tem tido.

As duas peças que representam Cabo Verde na exposição “Tanto Mar – Fluxos transatlânticos do design”, são do artesão José Mota e foram desenvolvidas, no âmbito do URDI 2017, durante a residência criativa Kutxi, que reuniu, durante quinze dias, dezoito artesãos de seis ilhas, sob a orientação dos designers Álbino Nascimento e Kathi Stertzig.

A exposição “Tanto Mar – Fluxos transatlânticos do design” estará patente de 11 de Março a 15 de Julho no Palácio dos Condes da Calheta, Jardim-Museu Agrícola Tropical, em Belém, Lisboa.

Ainda na capital portuguesa, no Museu de Arte Popular, o Diretor do CNAD, participará, no dia 13 de Março, no colóquio design artesanato em português, promovido pelo CEART, Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património.

Irlando Ferreira irá falar da conexão entre o artesão, o designer e as oficinas, a experiência do concurso-exposição “Identidade – interior das nossas casas”.

E por falar na exposição : “Identidade – interior das nossas casas”, a mostra volta ao convívio do público mindelense a partir das vinte horas de hoje, no Centro Nacional de Artesanato e Design.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar







Newsletter