Notícias

Estudar as comunidades locais e o ordenamento do espaço marítimo é acautelar o desenvolvimento económico sustentável dos países


Varlos Évora - Director Nacional da Economia Marítima
08 Fev 2018 Sociedade


A leitura é do Diretor Nacional da Economia Marítima e foi expressa, no encerramento ontem, do Workshop “Comunidades locais e o ordenamento do espaço marítimo”, que decorreu durante três dias, em São Vicente, no INDP, Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas.


Para Carlos Évora, a troca de experiências proporcionada por esse workshop vai ajudar os decisores nacionais na eleboração de medidas apropriadas e requeridas para o desenvolvimento sustentável do nosso país.

Uma troca de experiências entre especialistas africanos, europeus e brasileiros proporcionada pelo projeto PADDLE, que estuda o ordenamento do espaço marítimo costeiro, sob coordenação do Instiuto de Pesquisa para o Desenvolvimento, sediado em França, e com o financiamento da União Europeia.

O Director Nacional da Economia Marítima, Carlos Évora, em representação da tutela, realçou a importância do estudo das comunidades locais e o ordenamento do espaço marítimo para a garantia de um desenvolvimento económico sustentável dos países.

Conforme o projeto, os investigadores irão disponibilizar todo o conhecimento produzido às comunidades piscatórias do litoral, o que, no entendimento do Director Nacional da Economia Marítima, irá beneficiar a economia azul e a preservação do ambiente.
 
O Workshop “Comunidades locais e o ordenamento do espaço marítimo”, decorreu na sede do INDP, sob iniciativa do projeto PADDLE, que estuda o ordenamento do espaço marítimo costeiro, com financiamento da União Europeia.

A coordenação da investigação é do Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento, IRD, sediado em França.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar





Inquérito Online



Newsletter