Notícias

Geraldo Almeida defende que não pode haver Requisição Civil sem que se defina primeiro quais os serviços mínimos a cumprir

  • Geraldo Almeida - Especialista em Direito do Trabalho
03 Jan 2018 Sociedade


Em entrevista à RCV, o especialista em Direito do Trabalho considera que a requisição de mais de mil e 600 agentes da Policia Nacional por parte do Governo pode configurar uma ilegalidade se a intenção foi esvaziar a greve.


Embora entenda que houve um desrespeito pela requisição civil, decretada pelo Governo durante a greve dos agentes da Polícia Nacional que ocorreu de 27 a 29 de Dezembro, o docente universitário chama atenção para a norma constitucional sobre a desobediência civil.

Esta manhã o Presidente da Confederação Cabo-verdiana dos Sindicatos Livres dá uma conferência de imprensa para se pronunciar, pela primeira vez, sobre a greve realizada pelos agentes da Policia Nacional, que decorreu nos dias, 27, 28 e 29 de Dezembro passado.

Na nota a CCSL recorda que já houve pronunciamentos oficiais feitos pelas diversas entidades, públicas e privadas, incluindo o do Primeiro-ministro, José Ulisses Correia e Silva, que na altura classificou a greve da Polícia Nacional como “…um autentico atentado ao Estado de direito democrático”.


MCSA - RCV


Reportagem RCV


Relacionados

Comentários

Pesquisar







Newsletter