Notícias

Eskilson da Boavista em masculinos e Eveline, Santiago Norte em femininos são os atletas mais rápidos de Cabo Verde

  • Eskilson da ilha da Boavista
  • Eveline de Santiago Norte
17 Jul 2017 Desporto

O campeonato nacional de atletismo aconteceu na ilha do Sal durante o fim de semana.

Caravanas de 8 regiões desportivas de Cabo Verde desfilaram na abertura da décima primeira edição do campeonato nacional de atletismo. Coube a honra ao Presidente da Assembleia Nacional de proceder à abertura deste evento desportivo.

As provas começaram com as séries eliminatórias em várias disciplinas. 400 metros masculinos, 100 metros masculinos e femininos.

A primeira campeã a subir ao pódio foi a atleta de Santiago Sul, Edna Lima nos 1500 metros com o tempo de 4 minutos e 53 segundos.

Após a final feminina dos 400 metros, Melany do Rosário da ilha do Sal foi consagrada como campeã nesta disciplina com uma marca de 59 segundos e 94 centésimos. No período da tarde, Melany voltou a mostrar a sua supremacia e conquistou a prova dos 800 metros.

Também do Sal, Romário Lopes foi o atleta mais rápido a cortar a meta. Fez um tempo de 48 segundos e 58 centésimos.

Depois a pista foi ocupada com atletas de velocidade. Na disciplina dos 100 metros dois atletas renovaram os seus títulos de campeões nacionais.

Eveline Santos de Santiago Norte pela terceira vez consecutiva é a mais rápida de Cabo Verde. Cortou a meta em 11 segundos e 94 centésimos.

Outro atleta que tem dado cartas nas pistas de atletismo é o boavistense Eskilson. Voltou a superar os seus adversários com uma marca de 10 segundos e 30 centésimos.

As provas prosseguiram no período da tarde de sábado e foram conhecidos desta feita os campeões de salto em comprimento, 800 metros feminino, 1500 metros e estafeta 4x100 metros masculino.

Jeniffer da região do Sal com um melhor salto que as suas adversárias conseguiu arrebatou a medalha de ouro. Um salto de 4 metros e 56 centímetros.

Outro atleta do Sal que revalida o título é o campeão dos 1500 metros. Cândido Costa do Sal fez uma prova tranquila como sempre e cortou a meta folgadamente com uma vantagem de mais de 60 metro e com o tempo de 4 minutos e 1 segundo.

As provas de sábado terminaram com uma espectacular corrida de estafeta 4 x 100 metros. Os atletas do Sal, primeiro Bruno, depois Romário seguido de Adriano e por último e a cortar a meta Danielson bateram o record nacional com o tempo de 41 segundos e 70 centésimos.


Valdemar Almeida - TCV


Reportagem RCV com Valdemar Almeida


Relacionados

Comentários

Pesquisar






Publicidade