Notícias

Tempestade tropical Júlia afasta-se de Cabo Verde


14 Set 2010 Internacional

Em comunicado emitido ontem, o INMG adiantou que, às 18 horas a tempestade, anunciada na noite de domingo pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, encontrava-se a cerca de 250 quilómetros a oeste da ilha Brava, deslocando-se para oeste-noroeste à velocidade de 22 km/hora.

Está a afastar-se gradualmente de Cabo Verde e a seguir em direção ao Atlântico Central, a tempestade 'Júlia' que afetou o arquipélago durante o fim-de-semana, principalmente na madrugada de segunda-feira. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG).

Em comunicado emitido ontem, o INMG adiantou que, às 18 horas a tempestade, anunciada na noite de domingo pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, encontrava-se a cerca de 250 quilómetros a oeste da ilha Brava, deslocando-se para oeste-noroeste à velocidade de 22 km/hora.

De acordo com o INMG, a tempestade atinge ventos máximos de 75 km/hora, o que continuará a influenciar os ventos no arquipélago, sobretudo nas ilhas do sul -- Brava, Fogo, Santiago e Maio -, com rajadas entre os 38 e os 48 km/hora.

As rajadas de vento, associadas às fortes chuvas, segundo o Instituto, têm como consequência o agravamento do estado do mar e a redução temporária da visibilidade durante a precipitação.

"A vigilância ainda se estende por todo o arquipélago e deverá manter-se por mais algumas horas, devido à influência dos seus ramais, cujos efeitos se fazem sentir de forma generalizada", adverte.


Consequências

Devido ao mau tempo causado pelos efeitos do ciclone Júlia, a Transportadora Aérea de Cabo Verde (TACV) foi obrigada a cancelar voos nacionais e internacionais.

Em comunicado a imprensa, a TACV informou ontem que a instabilidade das condições meteorológicas estava a afetar os voos da companhia desde sexta feira.

“Os voos (de sábado) para Bissau e Dacar foram cancelados, tendo ainda outros sido desviados para outros aeroportos. O voo da Praia com destino a Dacar foi desviado para Nouackchott na Mauritânia e o de Fortaleza com destino à capital foi desviado para o Sal”, segundo o comunicado.


Previsão para amanhã

Segundo as previsões do instituto, com sede na ilha do Sal, o céu em Cabo Verde estará amanhã, temporariamente muito nublado, com a ocorrência de chuva moderada a forte durante a madrugada, acompanhada por trovoadas dispersas.

O vento soprará de leste, com rajadas entre os 34 e os 48 km/hora, sobretudo nas regiões mais ocidentais, havendo ainda uma ondulação provocada por um mar grosso e alteroso, com ondas entre os 3 e os 4,5 metros.

A temperatura mínima não baixará dos 24 graus e a máxima oscilará entre os 28 e os 30 graus.


Comentários

Pesquisar





Inquérito Online



Newsletter