Baltasar Lopes da Silva, alvo de homenagem pela Universidade de Cabo Verde


20 Abr 2010 Cultura

O escritor, poeta e linguista Baltasar Lopes da Silva vai ser esta terça-feira alvo de uma homenagem pela Universidade de Cabo Verde, e pelas associações Maré Caela (com sede em São Nicolau) e Tabankaonlus (com sede em Itália).

O evento enquadra-se no âmbito das comemorações do centésimo terceiro aniversário daquele que é considerado uma das pedras basilares da literatura cabo-verdiana.

Maria de Lourdes, uma das activistas culturais de Cabo Verde em terras italianas, e que está à frente desse evento, em declarações á RCV, disse que o propósito da homenagem a Baltasar Lopes da Silva tem como um dos pontos altos a apresentação do romance Chiquinho que foi traduzido para italiano.

A homenagem a Baltasar Lopes da Silva vai ser estendida a outras ilhas. São Vicente, onde o poeta viveu a maior parte da sua vida, e São Nicolau, berço do poeta, vai ter algumas actividades nos municípios da Ribeira Brava e do Tarrafal.

Refira-se que no quadro das actividades comemorativas da data do nascimento de Baltasar Lopes da Silva, e das comemorações dos 550 anos da descoberta de Cabo Verde, bem como dos 35 anos da independência a Biblioteca Nacional acolhe esta terça-feira o lançamento dos livros “Simpósio Internacional sobre a Cultura e Literatura cabo-verdianas” e Claridade: a palavra dos outros.

Comentários

Pesquisar