RTC Logotipo definir como homepage | adicionar aos favoritos
Home Institucional NotíciasProgramasMultimédia  RTC Directo    RCV     TCV     RCV+   OK
Você está aqui: Home > Notícias > Sociedade > Projecto contra desertificação prevê plantar mais de 50 mil árvores
publicado em:  17 Jun 2010

Projecto contra desertificação prevê plantar mais de 50 mil árvores

Fotos: Ilustração
A informação foi avançada pela Inforpress e creditada ao Director-Geral do Ambiente, Moisés Borges, hoje (17), Dia Internacional do Combate à Seca e a Desertificação, que é assinalado sob o lema “Regenerar o solo em qualquer lugar é regenerar a vida em todo o lugar”. Uma campanha nacional para a plantação de árvores de mais de 50 mil árvores está deve acontecer na época das chuvas que se aproxima, realizada pelo Ministério do Ambiente, Desenvolvimento Rural e Recursos Marinhos (MADRRM).

A informação foi avançada pela Inforpress e creditada ao Director-Geral do Ambiente, Moisés Borges, hoje (17), Dia Internacional do Combate à Seca e a Desertificação, que é assinalado sob o lema “Regenerar o solo em qualquer lugar é regenerar a vida em todo o lugar”.

“Pelas vicissitudes do clima, há uma tendência para o avanço da desertificação mas Cabo Verde ao longo dos anos vem dando um combate sério a esse fenómeno”, segundo Borges acrescentando que todo o trabalho de conservação de solo, nomeadamente, diques, banquetes, campanhas de plantação de árvores, feito ao longo dos anos, constitui uma resposta a esse flagelo.

Para complementar, o Governo prevê que em todas as ilhas, nas épocas das chuvas, o MADRRM possa produzir e fixar uma quantidade de plantas para auxiliar nessa luta titânica que é combater os avanços da desertificação em Cabo Verde”, conforme o Director.

“Estamos a falar de quantidades que possam ultrapassar os 40 ou 50 mil plantas a serem fixadas este ano. Isso claro, para além daquilo que o Ministério faz normalmente a cada ano a nível das delegações em termos de árvores florestais”, explicitou.



fonte:  REDACÇÃO, com a Inforpress



Comentários
Malinkaya | 18 Jun 2010 | Praia, Cabo Verde
É louvável a iniciativa, mas ao mesmo tempo que pretendemos a arborização do terreno devemos também pensar em garantir que as árvores sobrevivem.Sugiro que pensem, assim como muitos outros países,na utilização de polímeros super absorventes para fornecerem água e nutrientes às árvores, principalmente em períodos de pouca precipitação e nos seus primeiros anos de vida.

Kleydson Da Moura | 18 Jun 2010 | Praia, Cabo Verde
nós solo sta memo mau y seko, en vez di nu planta mas plantas acácias pa sekanu solo, nu ten ki ser mas dinamiko na ês ponto li cima planta plantas ki ta da frutas y legumes. Nu ten ki transforma nós pais na cê verdadeiro nome um CABO VERDE Y concretiza sonho di nós libertador AMILCAR CABRAL, keli é um concepção dum ENGENHEIRO AGRONOMO.

Dimerca | 17 Jun 2010 | US
Mas não plantem acácias pois esse tipo de árvores retira grande quantidade da agua do solo. Plantar sim, mas devemos ser inteligentes nas escolhas do tipo. Que a nossa terra seja deveras Verde para que o nome possa reflectir.



publicidade






publicidade






  VÍDEO-CLIP
Vadú
"Preta"
Nelo Feat. Tito Paris
"Nelo Feat. Tito Paris Sorriso do Mundo"
C.K. Las
"Ben Pa Fika"





RTC - Institucional | Publicidade | Ficha Técnica | Contactos
© RTC 2009-2014 Todos os direitos reservados. Concepção e Desenvolvimento: Núcleo Multimédia RTC