Notícias

Antigo Tubarão Azul, Ricardo, pendura as botas às portas dos 40 anos


Ricardo Silva ao centro, com Nando e Marco Soares numa disputa com um jogador camaronês
10 Jul 2020 Desporto

Ao fim de 21 anos como futebolista sénior, e com cerca de 500 jogos nas pernas, o antigo internacional cabo-verdiano, Ricardo Silva, decide colocar um ponto final na carreira.

O defesa central, hoje com 39 anos (completa 40 no próximo mês), fez 18 jogos pelos Tubarões Azuis. Estreou-se com a camisola da selecção nacional em 2007,  pelas mãos de um outro Ricardo, Ricardo Rocha, técnico brasileiro que na época orientava o combinado nacional.

Ricardo ajudou Cabo Verde a se qualificar para o CAN 2013, tendo marcado um dos golos na vitória 2-0 de Cabo Verde frente aos camarões, em Setembro de 2012, no Estádio da Várzea. Entretanto viria a pedir sua dispensa, pelo que não integrou o lote dos jogadores que estiveram na primeira presença de Cabo Verde na Copa das Nações Africanas, na África do Sul.
Entretanto, em 2016, regressaria à selecção, por convite de Lúcio Antunes.

Ricardo fez quase toda a sua carreira em Portugal, entre clubes da primeira e da segunda divisões. Representou, nomeadamente, Freamunde, Beira Mar, Vitória de Guimarães, Famalicão e Paços de Ferreira. Foi em Paços de Ferreira que deu mais nas vistas, tendo vestido a camisola amarela dos “Castores” durante sete temporadas. Saiu em 2018 para o Famalicão, clube que já tinha representado na época 2001/2002. Teve ainda uma curta passagem pelo campeonato chinês, onde representou o Shandong Luneng.

Terminou a carreira esta semana, quando integrava o plantel do Feirense, clube do segundo escalão do futebol português.

Reveja o resumo do jogo em que Ricardo marcou o seu único golo ao serviço da selecção nacional, em 2012.

http://www.rtc.cv/desporto/index.php?paginas=13&id_cod=20982

 

Benvindo Neves, RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar