Notícias

Árbitra Maria Teixeira acusa o Presidente do Conselho Nacional de Arbitragem de assédio e chantagem


12 Ago 2019 Desporto

A árbitra Maria Teixeira acusa o Presidente do Conselho Nacional de Arbitragem de assédio e chantagem. A árbitra dos Mosteiros, ilha do Fogo, diz ter sido aliciada por Nelson Barbosa para participar no Campeonato Nacional de Futebol Feminino.

Árbitra Maria Teixeira diz que foi convocada, pelo Nelson Barbosa, Presidente do Conselho Nacional de Arbitragem, para o Campeonato Nacional de Futebol Feminino, que decorre na Praia e no Mindelo.

No entanto, Maria Teixeira acabou por ficar de fora do Campeonato Nacional de Futebol Feminino. E diz por resistir ao assédio e chantagem.

A árbitra diz ter provas de conversas no Messenger e de testemunhos de colegas que ouviram conversas telefónicas (em alta voz).

Perante esta acusação de assédio e de chantagem, os árbitros de futebol dos Mosteiros solidarizam-se com Maria Teixeira. Os homens do apito estão ao lado da colega e garantem total apoio da classe no que for preciso.


Reportagem RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar