Notícias

Final Nacional Futebol: a sabedoria do ancião sobrepôs-se à irreverência do bebé


03 Jun 2019 Desporto

A sabedoria do ancião sobrepôs-se à inocência do bebé. O Mindelense sagrou neste sábado Campeão Nacional de Futebol. A equipa de São Vicente não deu quaisquer chances ao Oásis, da ilha do Sal, no jogo da final e venceu por 3-1, no Estádio Marcelo Leitão, na cidade dos Espargos.

Todos os golos aconteceram na segunda parte: a equipa de Lúcio Antunes, que jogava em casa, até marcou primeiro, por Catchupa, mas a resposta dos encarnados foi imediata. Pibip empatou para depois Papalelé despontar para uma exibição extraordinária, ele fez os restantes dois golos. O avançado do Mindelense seria mesmo eleito o melhor jogador do campeonato.

Logo apos ao apito final de Ivaldir Silva, árbitro de Santiago Sul, a festa estoirou em tons de encarnado. Rui Leite, treinador do Mindelense, ficou eufórico e falou numa conquista mais que especial no ano do centenário do clube.

Papalelé. O homem do jogo não podia estar mais feliz. A felicidade do jovem Papaléle que terminou o campeonato com 4 golos e 4 assistências. Eleito Melhor Jogador da competição. O Mindelense esteve a perder mas deu uma resposta musculada. O treinador Lucio Antunes reconheceu que os saovicentinos foram melhores.

Lúcio Antunes rendido ao talento de Papalele e a dizer mesmo que se ele jogasse pelo Oásis, talvez a equipa salense é que estaria a festejar.

Rody, jogador do Oásis também destacou a força do adversário e disse que foi uma boa final.

Depois de ter perdido a final do ano passado para a Académica da Praia, o Mindelense regressa aos títulos após um jejum de 3 anos.

O presidente do clube, Daniel Jesus, sente-se um privilegiado e diz que o Mindelense merecia este título no ano em que comemora 100 anos.

Uma semana após completar um século de história, o Mindelense foi à ilha do Sal conquistar o 22º campeonato de Cabo Verde. Foi o quarto campeonato nacional ganho pelo treinador Rui Leite, três dos quais festejados fora de São Vicente.

Nas contas finais do Campeonato Nacional de Futebol, época 2018-19, Mindelense campeão Nacional, Oásis vice-campeão, A equipa do Sal levou também a Taça Fair Play. Troféus individuais: Melhor Marcador Patchick da Ultramarina, com 8 golos, Melhor Jogador, Papalele do Mindelense, Guarda Redes menos batido, Keven do Celtic, sofreu 1 golo em 6 jogos.

A Federação Cabo-verdiana de Futebol gostou da forma como a competição culminou. Avaliação de Lito Semedo, membro da direção.

O relato do jogo da final entre Mindelense e Oásis contou com a participação do relator português da Antena 1, Nuno Matos. Ele que tem muitos seguidores em Cabo Verde. Gostou da experiência no Estádio Marcelo Leitão.

Nuno Matos que fez companhia aos relatores Moisés Évora e António Pedro. No relato, uma emissão que ainda tinha Ramilton Vieira na pista e Joao Diogo nos comentários.


reportagem RCv com jornalista Benvindo Neves


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar