Notícias

Nacional de Futebol: Penúltima jornada que já pode ser de muitas decisões


03 Mai 2019 Desporto

A fase de grupos entra na recta final. Este fim-de-semana é a quinta e penúltima jornada e pode já ditar muitas decisões. Por exemplo, no grupo A, o Mindelense poderá garantir já a qualificação para as meias-finais, caso vença. Os encarnados recebem, no domingo, a Académica do Porto Novo. É um duelo entre o primeiro e o segundo lugar do grupo A.

Mindelense lidera o grupo com 8 pontos, segue a Académica de Porto Novo com 6.

Rui Leite, treinador do Mindelense, reconhece o valor do adversário mas em casa a equipa tem obrigação de ganhar.

Do lado da Académica, Gunga está consciente das dificuldades que a equipa vai encontrar em São Vicente, mas nada que inibe a determinação em buscar a vitória.

No mesmo grupo jogam os dois últimos classificados, Académica do Fogo com 3 pontos e Académica da Praia com 2. Aos foguenses só a vitória interessa para continuarem a alimentar esperanças numa qualificação. Joel Castro sabe que é difícil mas quer agarrar-se às possibilidades.

Do lado da Académica da Praia, os campeões nacionais já atiraram a toalha ao chão, mas o treinador Tutusca lembra que há um nome a dignificar.

Académica do Fogo x Académica da Praia e Mindelense x Académica do Porto Novo. Todos os jogos do Grupo A estão marcados para domingo, às 4 da tarde.

No domingo acontecem 4 jogos. Os do Grupo B também. No Estádio Orlando Rodrigues, no Tarrafal de São Nicolau, a Ultramarina recebe os campeões de Santo Antão Norte, o Santo Crucifixo.

Neste grupo, todas as 4 equipas têm 5 pontos. A Ultramarina está na frente por ter melhor ataque, sete golos marcados. É até agora a equipa mais concretizadora deste campeonato. Pela frente os encarnados vão ter um santo crucifixo moralizado, depois de ter ganho na quarta-feira o Mindelense para a Taça de Cabo Verde. Jorge Fonseca, treinador do Santo Crucifixo, diz que a equipa vai a são Nicolau para pontuar, num campo difícil.

Apesar das tentativas, a RCV ainda não conseguiu falar com alguém da equipa técnica da Ultramarina.

Ainda para o Grupo B, o Sporting da Brava recebe o Académico 83, do Maio. O Sporting já leva mais de uma semana fora da ilha das flores. A equipa jogou no domingo em São Nicolau. Na passada quarta-feira, defrontou no Estadio da Várzea a Académica para a 2º eliminatória da Taça de Cabo Verde. Deveria ter viajado ontem para a Brava mas o Ferry Kriola não chegou a sair do Porto da Praia. O Sporting está retido no Fogo. Uma situação que desgasta a equipa, diz Ney Loco.

Sobre o jogo propriamente dito com o Académico 83, Ney Loco, fala em mais uma jornada difícil.

Do lado do Académico 83, que também ainda não viajou para a Brava, o treinador Fernando Jorge, Nando, diz que o Académico 83, quer manter vivo o objectivo que passar à próxima fase. Daí que só pensa em ir ganhar à Brava.

No grupo C, todos os jogos acontecem este sábado.
No Estádio Marcelo Leitão, a líder Oásis recebe Onze Estrelas da Boa Vista. Uma vitória coloca a equipa de Lúcio Antunes nas meias-finais. O treinador quer, por isso, resolver logo a questão, daí a equipa ter trabalhado ao longo da semana com todo o rigor.

Do lado do Onze Estrelas, a equipa prometeu falar à RCV esta manhã. Na outra partida do Grupo C, medem forças as dois últimas Varandinha com 2 pontos e Celtic com 3.

O Varandinha vai fazer o seu último jogo em casa, perdeu dois anteriores e tem esta chance de despedir-se do seu público com um triunfo.

Quanto ao Celtic, a equipa com três pontos ainda alimenta esperanças, mas para isso tem de ganhar. Humberto Bettencourt já está farto dos erros que a equipa vem cometendo. É chegada a hora dos acertos.


Reportagem RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar