Notícias

Cabo Verde acredita que pode sediar a Liga dos Clubes Campeões Africanos em 2019


Nélson Martins, presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol
23 Ago 2018 Desporto

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol acredita em fortes possibilidades de Cabo Verde em candidatar-se à organização da Taça dos Clubes Campeões Africanos em 2019.

Nelson Martins, falava à RCV após um encontro de trabalho com o vice - presidente da Confederação Africana de Andebol, Pedro Godinho, e o Ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire.

Quanto ao apoio do Governo, Nélson Martins diz que, desde a primeira hora, sentiu um forte engajamento por parte do Ministério do Desporto.

E a garantia do total engajamento do Governo de Cabo Verde em apoiar este projecto deixa satisfeito o vice-presidente da Confederação Africana de Andebol.

Pedro Godinho confirma que a instituição está interessada em trazer a organização de uma grande prova internacional a Cabo Verde e colocar o país no pódio da competição africana.

O inspector da CAHB, que é também presidente da Federação Angolana de Andebol, disse acreditar na capacidade organizativa de Cabo Verde para a realização de grandes eventos.

O vice-presidente da Confederação Africana de Andebol considera importante a decisão do Governo em fazer do arquipélago uma Plataforma de Grandes Eventos Desportivos.

Cabo Verde concorre, com candidaturas dos Camarões e dos países do Magrebe, para que a realização da Taça dos Clubes Campeões Africanos em 2019 seja na Cidade da Praia.

A agenda do vice-presidente da Confederação Africana de Andebol nesta 5ª feira inclui encontro de trabalho com a Presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano, Filomena Fortes.

Também visitas à Escola de Hotelaria e Turismo e à Residencial madre Teresa de Calcutá e ainda inspecções aos Polidesportivos de Nhagar, em Santa Catarina e do Tarrafal de Santiago.

RCV


Reportagem RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar