Notícias

Cabo Verde termina em 4º lugar no Torneio de Andebol nos Jogos da CPLP

  • Seleção Nacional conseguiu duas vitórias frente a Moçambique e São Tomé e Príncipe
  • Portugal sagrou Campeão com 5 vitórias em 5 jogos
  • Giuliano Ramos, treinador da Seleção Brasileira de Andebol Masculino
23 Jul 2016 Desporto

Cabo Verde venceu Moçambique por 26 - 24 em Andebol Masculino, nesta sexta-feira, e terminou em 4º Lugar na X Edição dos Jogos da CPLP que acontecem, na ilha do Sal.

Esta vitória por dois golos de diferença diante dos moçambicanos, foi a segunda da Seleção Nacional, que também derrotou São Tomé e Príncipe. Nos outros três jogos, Cabo Verde perdeu com Brasil, Angola e Portugal. O ponta Paulo Lopes que marcou dois golos hoje contra Moçambique disse que o jogo foi equilibrado, reconheceu que precisam trabalhar mais para corrigirem os erros defensivos e considerou muito bom o intercâmbio com jovens de outros países.

A equipa treinada por Adelino Duarte (Didi) que ficou em 4º Lugar, esteve em campo 250 minutos, somou 9 pontos, marcou 136 golos e sofreu 154.

Do lado de Moçambique que ficou em 5º lugar, o meia-distância Deny Cumaio prometeu fazer melhor da próxima vez e mostrou sua satisfação por ter feito novas amizades durante os jogos.

O lugar mais alto do pódio foi ocupado por Portugal, a única seleção que teve seu hino tocado na cerimónia de premiação.

Os portugueses foram os únicos com 100% de aproveitamento, 5 jogos, 5 vitórias, também tiveram o melhor ataque, com 189 golos.

O Brasil que foi representado pelo Colégio Caíc Professor Balduíno de Deus -- campeão brasileiro e vice-campeão mundial dos Jogos Escolares -- e perdeu apenas uma partida, terminou em segundo e ficou com a Prata. Angola com três vitórias e duas derrotas, completou o pódio.

Durante a prova, alguns jogadores destacaram com belas exibições, caso de David Lopes que em menos de uma semana, conseguiu passaporte cabo-verdiano e veio do Benfica de Portugal reforçar a Seleção Nacional.

Outros destaques: Natan Mikael (Brasil), Ariel Delgado (Angola), Wadnilson Lima (São Tomé e Príncipe) e Fábio (Portugal).

O único cartão vermelho foi mostrado ao guarda-redes cabo-verdiano Gonçalo Fonseca por uma falta cometida sobre o ponta português Fábio.

O treinador brasileiro Giuliano Ramos foi a "figuraça" do torneio, deu um espectáculo á parte no banco de suplentes.


Marcos Fonseca - RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar