NOTÍCIAS

Covid-19: Cabo Verde deverá receber 120 milhões de dólares dos parceiros de desenvolvimento


Ana Graça, da ONU, e Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva
20 Abr 2020

A garantia é da coordenadora residente das Nações Unidas, em entrevista exclusiva à RCV. Ana Graça diz que fundos destinados a projetos de longo prazo estão a ser realocados para as medidas de apoio traçadas pelo Governo.

120 milhões de dólares é o montante que Cabo Verde deverá receber dos parceiros de desenvolvimento nos próximos meses, para fazer face à pandemia da covid-19.

Perante os impactos económicos e sociais da pandemia da covid-19, Ana Graça diz que as Nações Unidas, através de todas as suas agências, têm estado a redobrar os esforços em termos de mobilização de recursos financeiros para apoiar os países menos desenvolvidos e Cabo Verde não fica de fora. O arquipélago deverá ser contemplado com apoio extra no âmbito de um dos fundos globais lançados pela ONU.

A par disso, a coordenadora residente das Nações Unidas, que falava ao programa Especial Covid-19 desta segunda-feira, lembra que as Nações Unidas desde a declaração do estado de calamidade pública tem feito a reprogramação do seu o orçamento para o apoio a uma resposta imediata para os próximos três meses e para um cenário de médio prazo.

“A nossa programação anual para este ano é de cerca de 16 a 17 milhões de dólares. Desta verba, oito milhões estão já reprogramadas e relocadas para apoiar a resposta às cinco medidas criadas pelo Governo. Estamos em processo de reprogramação da restante verba, não só para esta fase mais imediata, mas também depois para as acções pós-pandemia, mais ao nível socioeconómico, até ao final do ano. Várias agências das Nações Unidas, nomeadamente a UNICEF e o PNUD deram já verbas adicionais para Cabo Verde. Além disso, estamos também a mobilizar aquele Fundo Global que foi criado pelo secretário-geral de resposta à recuperação ao Covid-19 e Cabo Verde vai ser também contemplado numa primeira ronda. É algo que vai acontecer provavelmente já para a semana. São cerca de 300 mil dólares para serem desembolsados nos próximos 2 ou 3 meses”, explicou Ana Graça em entrevista ao programa Especial Covid-19 da RCV.

As Nações Unidas, a pedido do Governo, estão a coordenar os apoios de todos os parceiros de desenvolvimento. Ana Graça estima que em termos gerais Cabo Verde poderá receber nos próximos meses uma verba de cerca de 120 milhões de dólares.

“Em termos gerais, e de todos os parceiros até esta data, está estimado um apoio de verbas a volta dos 120 milhões de dólares, neste momento contabilizados, em termos gerais indicativos. Mas, naturalmente, que este valor vai aumentar consoante também as necessidades e a programação vá sendo feita no planeamento”, acrescentou.

A coordenadora do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde diz que, juntamente com o Governo e os parceiros de desenvolvimento, já se está também a trabalhar um plano de resposta nacional integrado para o pós pandemia, que se adivinha difícil. Para já, Ana Graça deixa palavras de apoio e solidariedade aos cabo-verdianos, exortando a população a cumprir as medidas de prevenção.

Carciana Lima e Moisés Ésvora, RCV
Editado e disponibilizado online por Benvindo Neves

Relacionados

Comentários


pub